domingo, 24 de fevereiro de 2013

O medo de Luxemburgo

Um Gre-Nal serve para arrumar ou para desarrumar a casa.

É baseado na célebre frase de Ibsen Pinheiro que Vanderlei Luxemburgo escalará time reserva no clássico de logo mais, em Caxias do Sul.

Luxa tem medo.

Medo de desarrumar a casa recém organizada com a vitória do seu time sobre o Fluminense.

Uma derrota de seus titulares poderia estremecer a confiança de uma equipe que já sofreu para passar da Pré-Libertadores, e foi derrotada em plena Arena da OAS para o gloriosíssimo Huachipato.

Só o medo explica que se escale reservas num Gre-Nal eliminatório quando o próximo compromisso pela competição continental será apenas no dia 5 de março.

Só o medo explica que se deixe os titulares gremistas apenas treinando em Porto Alegre quando eles ainda precisam de cancha e entrosamento, para incorporar com cada vez mais consistência ao time os reforços recém chegados.

E haveria cancha melhor do que jogar um Gre-Nal decisivo?

O Gre-Nal de hoje poderia ser um grande jogo, desses de parar o estado.

Mas não será.

Será mais um jogo de titulares de um, contra reservas de outro.

Luxemburgo, que de burro tem apenas o jeito de falar, colocará o Inter a brigar com bêbado.

É uma decisão estratégica na mesma medida em que é uma decisão covarde.

Resta ao Inter fazer sua parte.

E eliminar o Grêmio.

Nenhum comentário: