sábado, 20 de outubro de 2012

Presente de aniversário

- Cecília, meu amor, tá aqui o seu presente de aniversário!
- Ai, meu bem... Não precisava... Poxa vida, Hugo...
- Precisava sim! Abre logo!
- Já tô abrindo...
- E aí? O que achou?
- Er... Um... Um jogo de chaves de fenda...
- Olha que legal... Grandes, pequenas, philips...
- Hehehe...
- Ué, amor? Você não gostou?
- Não, nem se preocupa, meu bem...
- Não gostou, né?
- Gostei... Gostei sim...
- Tô vendo nos seus olhinhos que não gostou... Você queria outra coisa?
- Não... É que você lembra daquele dia... Na loja...
- Não, não lembro!
- Ai... Deixa pra lá!
- Fala, amor! Pode falar!
- Naquela loja... Você não lembra que eu fiquei louca por aquela... 
- Pelo quê?
- Esqueceu que fiquei fascinada por aquela... Por aquela... Por aquela furadeira?
- Poxa, meu bem! Verdade! Como é que eu não me toquei disso! Isso é imperdoável! Sou um insensível, mesmo! Me perdoa, meu bem... Por favor, me perdoa...
- Tudo bem, amor... Tudo bem... 

Nenhum comentário: