terça-feira, 30 de outubro de 2012

Efeito dominó

Lisandra decepcionou Jéfferson, que acreditava no amor.

Jéfferson, descrente no amor, decepcionou Patrícia, que acreditava no amor.

Patrícia, descrente no amor, decepcionou Pedro, que acreditava no amor.

Pedro, descrente no amor, decepcionou Ana, que acreditava no amor.

Ana, descrente no amor, decepcionou Vitor, que acreditava no amor.

Vitor, descrente no amor, decepcionou Cecília, que acreditava no amor.

Cecília, descrente no amor, decepcionou Leandro, que acreditava no amor.

Leandro, descrente no amor, decepcionou Zuleika, que acreditava no amor.

Zuleika, descrente no amor, decepcionou Fernando, que acreditava no amor.

Fernando, descrente no amor, decepcionou Lisandra, que acreditava no amor.

Quando a descrença vence, todos, de uma forma ou de outra, saem derrotados. 

Portanto, ame.

Seja tolo.

Seja bobo.

Seja burro.

Seja um idiota.

Seja irresponsável.

Seja sonhador.

Mas não desista, não desacredite jamais.

A dúvida sobre a vitória sempre será preferível à certeza da derrota... 

4 comentários:

Lívia disse...

"Poxa...", forte isso, heim?!

Patryck - Admin. disse...

Essa frase no fim foi muito boa. Devemos sempre amar, e nunca desistir e desacreditar!


http://fcgols.blogspot.com.br/2012/10/coluna-do-patryck-eliminatorias-para.html

Bruno Mello Souza disse...

Oi, Lívia!

Muito obrigado pela participação!

Beijos.

Bruno Mello Souza disse...

É isso aí, Patryck!

Acreditar sempre!

Abraços.