sexta-feira, 22 de junho de 2012

Briga ao telefone

- Alô?
- Alô, Alice! Sua sem-vergonha! Te vi ontem na rua de agarramento com o Fábio! Que vergonha, Alice! Que vergonha! Você pensa o que da vida? Fiz tudo por você, sempre fui um bom namorado e é assim que você retribui? Você me dá nojo! Você me dá muito nojo! Pessoas como você sujam a sociedade! Pessoas como você estão liquidando o mundo! Você me enganou! Você jogou sujo! Eu nunca, nunca vou te perdoar! Eu até andava desconfiado. Mas não queria acreditar. Meu Deus, eu não queria acreditar! Você não podia ter feito isso comigo. Não podia! O que vai ser da minha vida agora? Você destruiu tudo! Ah, mas você não se importa! Você só se importa com o seu rabinho bonito, né, vadiazinha? Tô com muito nojo! Tô com muita raiva! Você não presta! Você é uma pistoleira de quinta categoria! Nunca mais apareça na minha frente! Nunca mais!!!
- Senhor... Aqui é da Farmácia Drogaboa...
- Er... Farmácia? Er... Hehe... Bem... Desculpe...
- Não por isso. O senhor deseja mais alguma coisa?
- Er... Vocês têm calmante aí?

Nenhum comentário: