quarta-feira, 11 de abril de 2012

Flagrante

- Oh, não, Vitor! O que você está fazendo com essa mulherzinha aí na cama?
- Calma, amor. Não é nada disso que você tá pensando.
- Como não? Estou vendo com meus próprios olhos!
- É um engano...
- Não, não tem engano nenhum nisso!
- É que a gente bebeu um pouco e... Aconteceu.
- Que absurdo!
- Me perdoa!
- Não, não perdôo!
- Por favor!
- Não! Fora daqui! Os dois!
- Ei, Carla, vamos conversar.
- Nada de conversa! Fora!
- Prometo que nunca mais vejo "Velozes e Furiosos" de novo.
- Não adianta! Não é a primeira vez que te flagro vendo essa porcaria. Odeio o Vin Diesel. E sei que, mais cedo ou mais tarde, você vai fazer isso de novo, com outra zinha qualquer por aí.
- Poxa, amor...
- Nada de "poxa"! Fora daqui!    
- Pelo menos posso levar as pipocas?
- Nããããããoooo!!!
- Tá bom, tá bom... E o dvd?
- Também não! Vou incinerá-lo!
- Nossa... Também não precisa ser tão radical...

Nenhum comentário: