sexta-feira, 23 de março de 2012

Gaúxa

Ontem Xuxa protagonizou um espetáculo pra lá de patético, em rede nacional.

Teve que interpretar uma gaúcha.

Sim, interpretar.

Porque gaúcha ela não é.

No máximo, gaúxa.

Teve também que interpretar uma atriz.

Interpretação da interpretação.

Porque atriz ela nunca foi.

Nem cantora.

Xuxa deu pro Pelé e pro Senna.

São as estrelinhas do curriculum lattes dela.

Além de atriz, cantora e gaúcha, tem mais uma coisa que ela nunca foi: boba. 

Mas não dá pra levar a sério uma pessoa que nasce em Santa Rosa, vai ao Rio e começa a falar mais chiado que os próprios cariocas.

Ela, Xuxa, aliás, não é nem colorada nem gremichta.

Ela é flamenguichta.

A Xuxa gaúxa foi um desses sinais que nos levam a crer que, de repente, o mundo está mesmo por acabar.

Vergonha alheia total e absoluta.

Mais até que o sabonetinho.

Gaúxa, estranha gaúxa...

Nenhum comentário: