segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Essência

Dias e dias se passaram.
Lágrimas e sorrisos, presenças e ausências.
Tanta e tanta estrada pela frente...
Sei que já existi, sei que ainda estou vivo.

Me doei por inteiro.
Destruí meu mundo mais uma vez.
Respirei, mergulhei, afundei, emergi.
Sei que já vivi, sei que ainda existo.

Do olhar vivo que se foi, guardei a essência.
É por isso que a cada dia me ergo novamente.
Só o meu fim pode me parar.
Não sei se já vivi, mas sei que já existi.

Encaro o amanhã sem medo.
Renasço dentro de mim mesmo.
E mesmo que nada mude, ainda me doarei por inteiro.
Insistirei em existir, insistirei em viver.

Nenhum comentário: