quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

De novo, Vanusa?

Depois de errar cantando o Hino Nacional e "Sonhos de um palhaço", Vanusa se confundiu novamente com uma letra de música (http://www.band.com.br/entretenimento/musica/noticia/?id=100000471975). Agora, a canção assassinada foi "Era um garoto", popularizada com Os Incríveis e Engenheiros do Hawaii. 

Hoje em dia, se a Vanusa cantar "Parabéns pra você", ela erra. "Parabéns nessa daaata, felicidades de vida, aaanos queriiiida". Ela parece o Chapolim tentando recordar ditos populares.

A veterana cantora diz que vai largar essa vida. Eu discordo. Vanusa tem que continuar! Ela poderia lucrar muito criando um quebra-cabeça musical. Você ouve ela cantando, e tenta reconstruir a música. Sensacional, não é mesmo?

Abandonar a música não é necessário. É só uma questão de se readequar. Ela tira todo o sentido daquilo que canta. Fica aquela coisa "A imaaagem, líííímpido, fiiiiilho, saaaalve saaaalve!". Ora, letra sem sentido por letra sem sentido, ela poderia compor funks. Seria inusitado! Acho que ela deveria pensar nessa possibilidade.

O que não pode é continuar do jeito que está. Virou folclore, piada. Um amigo tinha me pedido alguma coisa engraçada para lhe dar no aniversário. Não titubeei: comprei um dvd da Vanusa. Só olhar para a cara dela é engraçado. Entre Vanusa e Tiririca, sinceramente não sei quem tem mais problemas com letras. O páreo é duro!

Bom, como diria o filósofo, "recordar é viver". Então, sem mais delongas, caríssimos leitores, deixo vocês com o épico, o incrível... "Hino Nacional Brasileiro Revisitado pela Vanusa": http://www.youtube.com/watch?v=6w9MpztV4gk.

Nenhum comentário: