sábado, 5 de novembro de 2011

Reencontro

- Olá, Débora! Quanto tempo, hein?
- Oi, Fernando! Pois é! Faz uns cinco anos, né?
- Pois é... Aquela fatídica noite...
- Mas você não guarda mágoa, né?
- Mágoa? Eu? Só porque te encontrei na cama com o meu irmão? Não, claro que não!
- Poxa, que bom...
- Não sou rancoroso.
- Fico feliz! Alías, você está bem mudado! Ficou muito bem com esse corte de cabelo!
- Obrigado! Você também mudou bastante... A propósito, você por acaso está com hipotireoidismo?
- Hipotireoidismo? Não, pelo menos não que eu saiba... Por quê?
- Não, não... Por nada...

2 comentários:

Lay Santana disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Puts, que maldade. huahuahuahua
Muito engraçado. Falou que a muié tava gorda e ela nem notou. huiahuaia

Bruno Mello Souza disse...

Oi, Lay!!!

Pois é, bem sutil a pergunta, né? Hehehehehe.

Muito obrigado pelo comentário!

Volte sempre!

Beijo.