sábado, 19 de novembro de 2011

Horas percorridas...

Amanheceu.

Tudo novo de novo.

Uma espécie de renascimento.

Ar puro que invade os pulmões.

Passar de horas, readaptação, readequação.

Reencontro com um destino já bem conhecido.

Lembranças de um passado que não passou.

Não há nada de novo, de novo.

Resta a sobrevivência, a espera pelo amanhã.

Sim, já escureceu...

Nenhum comentário: