segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Cortesia

Fúlvio, na cafeteria:

- Garçom, me diz uma coisa: quanto custa esse sanduíche aqui, hein?
- Esse de queijo com presunto?
- Isso mesmo.
- Quinze reais.
- Quinze reais? Caramba! Que caro!
- Mas ganha um cafezinho de cortesia, olha o asterisco aqui, ó, senhor.
- Ah, verdade... Bom... Vejamos... E esse só de queijo?
- Cinco reais.
- Hum... E tem o cafezinho de cortesia?
- Não, senhor. Neste, não.
- Bom... Difícil, isso... É... Vou querer o de queijo e presunto. E já traz o cafezinho de cortesia.
- É pra já, senhor.
- Ué... O que o pessoal tá me olhando. Eeeei! Eeeei! Qual a graça, seus trouxas? Eu tô ganhando cafezinho de cortesia! E vocês?

Neste exato momento, todos os presentes caíram na gargalhada.

Nenhum comentário: