sábado, 1 de outubro de 2011

Etiquetas de preço

Quando vamos dar um presente a alguém, um dos cuidados mais fundamentais que tomamos é tirar o preço do produto. Não! O presenteado não pode saber o quanto pagamos! Isso é visto como um constrangimento, uma gafe absurda.

Esses dias, ganhei um vinho Frei Damião. E, obviamente, não tinha preço! Fiquei pensando: "Uau... Não tem preço! Quanto será que custou? Será que foi uns cinquenta reais? Cem, talvez. Duzentos, não! Será que custou duzentos reais? Caramba!" De fato, é muito difícil. O presenteado sempre fica no escuro... Afinal de contas, quem ganha o presente não pode, de jeito nenhum, saber o preço!

É aí que entra a notícia bombástica que vou dar. É inédito, é impressionante, e é genial: EU posso! Sim, preste bem atenção, querido leitor: eu posso saber o preço! É mágica? É um poder paranormal? Não! É o Google! Em trinta segundos, sou capaz de saber o valor financeiro do presente que eu ganho. Não é fantástico? Acho que mereço um Nobel por tamanho brilhantismo. Sim, eu posso romper uma tradição das mais enraizadas socialmente num estalar de dedos!

Um dia ainda vou revolucionar essa tradição de vez. Vou escrever um cartão dizendo mais ou menos assim: 

"Caríssimo Fulano, 

Você é caríssimo, mas este presente não foi. Custou apenas cinco reais. Desculpe, foi mal aí. A crise está braba. 

Um grande abraço, 
Bruno.

PS: A propósito, este cartão custou três reais."

................................................................................
* O DC está concorrendo ao Prêmio Top Blog 2011. A votação do primeiro turno vai até o dia 11/10/2011. O link para o voto encontra-se à direita da tela. Participe! Vote! Divulgue!      

4 comentários:

Sâmy disse...

HauHAuhUAh

Ri muito....

Ameei o blog!

Espero sua visitinha no Crônicas:

http://cronicasrapidas.blogspot.com/

Bruno Mello Souza disse...

Oi, Sâmy!

Fico feliz que tenhas gostado do DC.

Volte mais vezes!

Beijos.

ursula disse...

A propórito, comprei um presente pra ti fazem umas duas semanas, pelo teu aniversário!!!! Agora só preciso entregá-lo! Talvez semana que vem!!
Bj

Bruno Mello Souza disse...

Poxa, brigadão, Ursula!

Beijo.