quinta-feira, 15 de setembro de 2011

3 anos de Dilemas Cotidianos- 2ª posição: Theobaldo, o enólogo

A medalha de prata do especial de 3 anos do DC conta a história de um enólogo arrogante que acaba sendo surpreendido pelos colegas de profissão. O texto foi publicado no dia 16 de julho deste ano.

........................................................................

Theobaldo era um enólogo conhecido no seu meio profissional. Não tanto pela sua competência. Mas sim por sua postura. Sempre que era chamado para analisar vinhos, era um alvoroço.

Ele era dono de uma empáfia sem igual. Seu visual característico, alto cabelos longos, óculos de fundo de garrafa e permanente cara de nojo tornavam sua figura ainda mais odiosa. Muitos duvidavam da qualidade de suas análises. Principalmente porque ele era dono de uma obscura fábrica de vinhos, pouquíssimo conhecida.

Suas opiniões eram sempre estupidamente corrosivas. Nunca elogiava os vinhos que degustava. "Esse vinho é uma porcaria!"; "Com todo o respeito, mas isso aqui é um suco de uva vagabundo!"; "Nunca bebi nada tão horrível!" Era sempre assim. Sempre a mesma arrogância.

Exatamente por isso, entre os enólogos, pouquíssimos gostavam dele (à exceção de dois amigos, Theodoro e Dênis). Certa feita, ele foi convidado para um evento de grande porte. Iria analisar, às cegas, uma série de vinhos. O que ele não sabia é que, dentre aquele tanto de vinhos que ele provaria, estava o de sua própria fábrica.

O auditório estava lotado. E ele começou seu "show" particular. Ia "descascando", sempre com suas frases grosseiras, os vinhos, um a um. Até que chegou a hora de degustar o seu próprio vinho. O ambiente ficou, ao mesmo tempo, tenso e cheio de expectativa.

"Nossa... Mas que vinho ruim!", exclamou. Não deu outra: a plateia caiu na gargalhada. Tiraram-lhe a venda do rosto, e o constrangimento parecia saltar de seus olhos. Saiu de cantinho, cabisbaixo, absolutamente desmoralizado.

Desde então, nunca mais exerceu a profissão de enólogo. Sua fábrica foi à falência. Sumiu do mapa. As últimas notícias davam conta de que Theobaldo andava animando festinhas infantis, fantasiado de dinossauro Barney. Se não trabalhava mais com vinho, pelo menos no novo ofício usava uniforme com cor de. Essa era a única coisa que ainda o consolava...

...............................................................................
* O DC está concorrendo ao Prêmio Top Blog 2011. A votação do primeiro turno vai até o dia 11/10/2011. O link para o voto encontra-se à direita da tela. Participe! Vote! Divulgue!

Nenhum comentário: