quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Senhor Óbvio entrevista Fernandinho Maluco

- Olá, Fernandinho Maluco.
- Salve, salve, senhor Óbvio.
- Fernandinho, conte-me sobre esse abaixo-assinado que você vem promovendo...
- Pois é, mano, o negócio é o seguinte: a gente tá aí fazendo um abaixo-assinado pra criar o dia do orgulho criminoso, morô?
- Hum... Seria um dia para manifestar o orgulho de ser criminoso, então?
- Isso mesmo, mano. Nós, da bandidagem, é uma minoria discriminada. Temos que ter um dia pra gente se afirmar, sacou?
- Vocês acham que sofrem preconceito, é isso?
- Sem dúvida nenhuma, mano. A bandidofobia tá espalhada por aí. A gente não pode assaltar, matar, traficar, estuprar, que fica todo mundo olhando torto. A gente sofre muito com essa exclusão.
- Então vocês sofrem muito com esse preconceito?
- Com certeza, mano. Olha aquele Datena, por exemplo: é um baita bandidofóbico. Ele fala horrores da gente, sacou? Onde estão nossos direitos nessa hora, mano? Mas, no fundo, acho que ele é um bandido enrustido...
- Você acha que o Datena é um bandido enrustido?
- Pô, mano, é só ver. Por que ele fala tão mal da gente? Acho que é algo reprimido, e ele quer ser bandido também, mas tem medo. Isso sem contar os filmes e novelas em que os bandidos sempre morrem. E aquele "Tropa de Elite"? Bandidofobia pura, dos meu!
- É, realmente é uma causa importante essa sua, Fernandinho.
- Viu só, mano?
- Bom, muito obrigado pela entrevista, e boa sorte.
- Tá certo, tá certo. Agora passa a carteira e o celular aí!
- Mas... Mas...
- Perdeu, tiozão, perdeu! E não me viu, hein? Não me viu!

...................................................................................................
* O DC está concorrendo ao Prêmio Top Blog 2011. A votação do primeiro turno vai até o dia 11/10/2011. O link para o voto encontra-se à direita da tela. Participe! Vote! Divulgue!

Nenhum comentário: