quarta-feira, 13 de julho de 2011

Senhor Óbvio entrevista Juninho Gaúcho

- Olá, Juninho Gaúcho. Desde já agradeço a entrevista.
- Olá, Senhor Óbvio. Eu que agradeço a oportunidade de poder falar com os admiradores do meu belíssimo futebol.
- Juninho, conte-me como foi o início da sua carreira.
- Ah, eu sempre gostei muito de jogar bola. Desde moleque sonhava em ser atacante...
- Então, você queria ser atacante?
- Isso mesmo. E graças a Deus, consegui.
- Você gosta de fazer gols, então...
- Sim. É um momento muito bom. Inigualável.
- E você fica feliz quando marca um gol?
- Lógico, muito feliz.
- E aí você comemora muito?
- Sim, é o momento de extravasar.
- Então você sempre quis ser atacante?
- Sempre.
- Nunca quis ser meia, ou zagueiro?
- Não, não. Sempre gostei de jogar no ataque.
- E agora que foi contratado para jogar no THFC (Tio Hugo Futebol Clube), o que você espera?
- Ah, graças a Deus eu estou tendo a felicidade de ser contratado por esse grande clube, e o torcedor pode ter certeza que vou fazer de tudo para trazer muitas alegrias.
- Você pretende, então, deixar o torcedor feliz?
- Sim, quero muito fazer muitos gols.
- E, fazendo muitos gols, aumenta muito a possibilidade de o time ganhar as partidas, desde que sofra menos gols, não é verdade?
- Sim, com certeza. Por isso a defesa também é muito importante.
- Você acha que, se a defesa levar muitos gols, fica difícil ganhar os jogos?
- Sem dúvida, o futebol é coletivo. Todos devem lutar muito pela equipe.
- Então, se uma parte da equipe não funcionar, as coisas podem se complicar?
- Sem dúvida nenhuma.
- E aí, ganhar jogos pode ser difícil.
- Com certeza.
- E pro futuro? O que você almeja para sua carreira?
- Ah, graças a Deus eu almejo muitas coisas. Quero ajudar minha família, jogar na seleção...
- Humm... Então você quer jogar na seleção?
- Se Deus quiser.
- Você ficaria contente se fosse convocado?
- Poxa, seria uma honra.
- E aí, você ia querer fazer sucesso na seleção...
- Lógico. Iria agarrar a chance com as duas mãos.
- Então você se esforçaria muito por isso?
- Claro! É uma oportunidade de ouro na carreira de qualquer jogador.
- Indo para a seleção, então, você acha que a carreira tem uma grande chance de deslanchar...
- Evidente que sim.
- Por fim, deixe uma mensagem para os milhões de torcedores do THFC.
- Só queria dizer que pra mim é uma honra vestir essa camisa que já foi vestida por tantos jogadores importantes, e que vou dar o meu melhor, se Deus quiser.
- Bom, então tá, Juninho Gaúcho. Agradeço muito a sua entrevista.
- De nada, Senhor Óbvio. Estou sempre à disposição. Precisando, é só conversar com meu assessor de imprensa.

......................................................................
* O DC está concorrendo ao Prêmio Top Blog 2011. A votação do primeiro turno vai até o dia 11/10/2011. O link para o voto encontra-se à direita da tela. Participe! Vote! Divulgue!

Nenhum comentário: