domingo, 17 de julho de 2011

170711

Estivemos lamentando tanto o que já não volta mais.
Olhamos para a frente, talvez o destino ainda reserve algo mais do que o que temos hoje.
Sim, lá no fim eu ainda estarei lutando.
Estarei escrevendo minha própria história.

O mundo está vazio de sentimentos, e isso está nos corroendo.
Pegue minha mão e me leve para longe disso tudo.
Que a dor passe de uma vez, que esta noite acabe logo.
Estou novo, estou muito mais velho.

Podemos ser mais do que somos.
Podemos fazer nossa vida chegar aonde queremos.
Perdemos tanto tempo, mas ainda estamos aqui.
Todo o sangue que escorreu deve ter algum sentido.

Nos olhamos sem saber o que dizer.
Talvez nada deva ser dito.
Talvez ainda sejamos cegos, e assim permaneceremos.
Estamos aguentando um peso absurdo demais.

Agora me conte o que você está pensando e sentindo.
Ainda há algum desconforto, ou um caminho errado?
Não sei se é tarde demais.
Mas estou disposto a continuar caminhando.

Lentamente vamos esvanecendo.
Vemos aquelas crianças brincando na rua.
Elas cresceram, elas casaram.
E tiveram outras crianças, felizes para sempre.

......................................................................
* O DC está concorrendo ao Prêmio Top Blog 2011. A votação do primeiro turno vai até o dia 11/10/2011. O link para o voto encontra-se à direita da tela. Participe! Vote! Divulgue!

Nenhum comentário: