sábado, 21 de maio de 2011

Estreia colorada no Brasileirão

Hoje à noite, o Inter estreia no Campeonato Brasileiro contra o Santos, na Vila Belmiro. Em tese, seria jogo duríssimo. Porém, envolvido na disputa da Libertadores, o time comandado por Muricy Ramalho vai a campo com reservas. Oportunidade de ouro, portanto, para o colorado arrancar bem.

O Internacional também tem lá os seus desfalques. A maioria deles, porém, possui reposição à altura. De um jeito ou de outro, o colorado irá a campo com uma equipe muito mais experiente do que a do Santos. Por isso, considero empate um mau resultado, vislumbrando-se a série de elementos favoráveis ao Inter. Ganhar hoje é muito importante.

Ganhando, o Inter já faz um potencial adversário pelo título patinar, de cara. Muitas vezes os confrontos diretos têm peso enorme na decisão do campeonato, naquela contagem ponto lá, ponto cá. Por isso, seria ótimo largar bem.

Além disso, em disputas de pontos corridos, por mais que isso seja clichê, cada jogo é uma final. Cada ponto é indispensável. Cada vitória influi decisivamente. Não dá para perder pontos bobos. E, convenhamos, não ganhar dos reservas do Santos na Vila Belmiro, no Beira-Rio, no Camp Nou ou no Colosso da Lagoa, é, sim, perder pontos bobos.

Existe ainda um fator histórico envolvido na partida desta noite. O Inter jamais venceu o Santos na Vila Belmiro. Ora, chegou a hora. Quer ocasião melhor do que esta? Tem que partir pra cima, impor seu futebol e mostrar que o colorado não está para brincadeira.

Estou bastante confiante para este Brasileirão. O Inter tem um elenco bem forte. Precisa ainda de algumas peças. Mas tem qualidade suficiente para disputar o campeonato até o final. Este ano não tem desculpas de Libertadores e preparação para Mundial: tem que entrar a morrer, seja contra o Santos na Vila Belmiro, ou contra o Atlético Goianiense no Beira-Rio. Recopa e Copa Audi são tiros curtíssimos, e não exigirão desvio de foco. Portanto, chegou a ocasião perfeita para ganhar. Inter rumo ao Tetra Brasileiro!

Nenhum comentário: