sexta-feira, 13 de maio de 2011

Cabines, já!

Vejo os nobres legisladores de nosso país se preocupando com coisas absolutamente banais. Raul Carrion, deputado estadual gaúcho, por exemplo, conseguiu aprovar o fim dos estrangeirismos na língua portuguesa. Sou contra. Trata-se de querer lutar contra uma tendência maior do que leis. Mais ou menos como querer criar uma lei proibindo coqueiros de darem cocos. Mas não é esse o ponto. O ponto é que há coisas muito mais importantes do que isso. Por exemplo: cabines em estabelecimentos que vendem cachorro quente.

É algo que não pode ser deixado para depois. Cabines são fundamentais. Não falo de carrocinhas. Seria impraticável. Mas lojas fechadas de cachorro quente, tipo lanchonete, deveriam ter cabines.

É impossível não se lambuzar comendo cachorro quente. É constrangedor. Mesmo que não sejamos olhados, nos sentimos embaraçados. Não tem quem coma cachorro quente sem parecer deficiente mental. Se alguém que não me conhece me visse comendo cachorro quente, não hesitaria: ligaria para a APAE e diria que encontrou um foragido.

E não adianta ficar aí rindo, amigo leitor: com você acontece a mesmíssima coisa. É uma espécie de lei universal, tão certa quanto a Lei da Gravidade: pessoas comendo cachorro quente parecem retardadas.

Com as cabines, este problema estaria resolvido. Você pegaria o seu cachorro quente e se trancaria, como num banheiro público. Lá dentro, teria uma cadeira e uma mesinha. Você comeria e se lambuzaria à vontade, sujaria um pouco a mesa, pegaria o guardanapo, passaria nos arredores da boca e sairia com toda elegância, como se nada tivesse acontecido. Sem embaraços! Sem constrangimentos!

Está lançada a campanha. Cabines, já! Por paz na hora de comer cachorro quente! Por um novo mundo em que possamos nos lambuzar sem culpa! Abrace esta causa você também!

2 comentários:

Júnior disse...

Nos últimos dias notamos a baderna que anda no poder legislativo brasileiro, tanto que uma decisão importante teve que ser discutida e votada no STF...
Enfim, apesar de saber que quase nada acontecerá com nosso humilde protesto, CABINES JÁ!

http://musilitica.blogspot.com

Esperando retribuição.

Bruno Mello Souza disse...

Ae, Junior! Obrigado pelo comentário!

Apareça mais vezes aqui no DC!