sexta-feira, 18 de março de 2011

No ponto de ônibus

- Moço, esse ônibus passa na rua Jerônimo Cordeiro?
- Sim, senhora. Ele passa.
- Não, moço. Não passa, não.
- Então tá...
- Moço, e esse, agora, será que passa na rua Jerônimo Cordeiro?
- Sim, senhora. Passa...
- Não, não passa, não.
- Então tá...
- Ah, lá vem outro! Tá vendo moço? Será que ele passa na rua Jerônimo Cordeiro?
- Ahã. Passa.
- Ah, não, não... Não passa.
- Então tá...
- Ih, olha lá, moço! Será que finalmente veio um ônibus que passa na rua Jerônimo Cordeiro?
- É. Passa. Também.
- Não, não passa.
- Então tá...
- Moço, moço! E esse que tá chegando agora? Passa na rua Jerônimo Cordeiro?
- Não, minha senhora. Este não passa. Mas tem um vindo logo ali atrás. Ele vai até a puta que pariu. Sugiro que a senhora embarque nesse.
- Então tá...

Nenhum comentário: