terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Novo tempo

Foi bom te ver, como sempre.
Pessoas morrem dentro de mim, mas você está mais radiante.
Quem morreu, se suicidou em meu coração.
Mas você está mais viva e linda do que nunca.

Bons dias, e a todo momento penso em seu sorriso.
Não sei se meu rosto ficou vermelho, mas aquele papelzinho dizia muito.
Agora me sinto bem.
Não choveu, o céu está limpo como sua imagem.

Meio desastrado, faço o melhor que posso.
Os dias vão passando, mas não tenho pressa.
Sei onde quero chegar, e você me fortalece.
Garota, você é tão doce.

Enterro os cadáveres de uma vez.
Deixo o solo para que as flores nasçam.
Elas serão todas para você.
Não posso negar que estou mergulhado.

De mãos dadas, observaremos o passado.
Tudo explode cinematograficamente.
Estamos em um novo mundo, o nosso mundo.
O sol está sorrindo de alegria.

Nenhum comentário: