segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Vencer é fundamental

Hoje às 21 horas, mais importante do que qualquer outra coisa para o Inter, é vencer o Sport Recife no Beira-Rio. O título da Copa Suruga Bank certamente dá um novo gás à equipe no Campeonato Brasileiro, que acabou tendo os danos minimizados em sua ausência, depois da qual permaneceu inclusive no G4.

Há dois jogadores voltando a ser relacionados, reintegrados ao grupo: Lauro, que estava lesionado, e D'alessandro, que estava, digamos, "na geladeira". A volta do goleiro é quase que natural. Faz ótima temporada e está afirmadíssimo como titular da camisa 1. Já o meia argentino vai ter que lutar pra reconquistar o seu lugar na equipe.

Andrezinho está jogando muita bola naquela função. Sua entrada traria como requisito recuar novamente o carioca para a terceira função do meio campo, onde ele não joga tanto quanto na quarta função. Portanto, D'ale vai ter que voltar a jogar, no mínimo, a bola que jogou na Sul-Americana do ano passado e em algumas partidas do início deste ano. Nessas condições ele é, inapelavelmente, melhor que o muito bom Andrezinho.

Vencer é a palavra de ordem desta noite no Gigante. Ganhando as partidas atrasadas, o Inter fica muito forte na briga pelo Brasileirão, principalmente se considerarmos os acréscimos de qualidade que devem se agregar ao elenco nos próximos dias.

Não se enganem, esse jogo de hoje tem tudo pra ser enjoado, encardido. O Sport é o típico time "murrinha": vai marcar bem, fazer uma retranquinha amiga e sair em alguns contra-ataques pontuais. Mas o time colorado tem que superar isso e ganhar, por meio a zero que seja. Esta noite é uma noite para o pragmatismo.

Nenhum comentário: