domingo, 23 de agosto de 2009

Desastroso

O resultado de ontem no Palestra Itália foi absolutamente desastroso para as pretensões coloradas no Campeonato Brasileiro. Em uma competição que praticamente implora que o Inter seja campeão, o clube finalmente vai conseguir a façanha de sair do G4. Agora, nem vencendo as duas partidas de defasagem o time chega à liderança. E, sejamos minimamente honestos: com a bola que o Inter vem jogando, alguém aposta um pacote de Trakinas que vai vencer as duas?

Coletivamente, o time colorado não foi mal contra o Palmeiras. Fez um primeiro tempo pobre, mas sem perder o controle do jogo. E no segundo, quando já perdendo de 2 a 0, partiu pra cima, fazendo o que devia ter feito desde o início da partida. A falta de apetite ofensivo da equipe colorada longe do Beira-Rio é assustadora. E, geralmente, quando o time passa a jogar o que sabe e pode fora dos seus domínios, já é tarde demais. A vaca já tá atoladinha no brejo.

A esta atitude cagalhona e às reações retardadas do time, some-se algumas atuações individuais deprimentes. E chega-se à einsteiniana fórmula do fracasso. Danny Morais foi ridículo. Comprometeu o tempo todo: fez um pênalti de juvenil, falhou gritantemente no segundo gol, perdeu uma infinidade de lances mano a mano e teve grande parcela de culpa na derrota. O zagueiro ser lento é uma coisa. O zagueiro ser molengão é outra completamente diferente. Danny Morais é molengão.

Alecsandro, que é bom centroavante, tem um sério defeito. De tempos em tempos ele esquece que é Alecsandro e pensa que é Ibrahimovic. E aí, caros leitores, ele se torna uma verdadeira nulidade. Ontem ele jogou fazendo todas as funções ofensivas, menos a única que ele sabe fazer: ser centroavante. O cara jogou na ponta-direita, deu toquezinho de letra, de calcanhar, mas não resolveu absolutamente nada. Teve uma atuação patética, pra dizer o mínimo. E Taison... Bem, Taison eu larguei de mão.

Agora, o Inter fará a primeira das partidas atrasadas, contra o Santos, na Vila Belmiro. Repetindo a atitude que vem tendo na maior parte dos jogos longe do Beira-Rio, vai perder novamente. Não estou nem um pouco otimista. E, se perder, comecemos a nos despedir, mais uma vez, das chances de título brasileiro. Tomara que eu esteja errado.

Nenhum comentário: