domingo, 5 de julho de 2009

Erguer a cabeça

Futebol não dá tempo para lamber feridas. Não tem atestado nem licença. Por isso mesmo, o Inter tem que se voltar completamente para a partida desta tarde-noite contra o Náutico, nos Aflitos. É importante erguer a cabeça rapidamente e buscar estes três pontos.

Esse é o jogo que, para quem quer ser campeão, tem que ser ganho. O Náutico é uma equipe extremamente limitada. Tem a sua força jogando nos Aflitos. Mas, definitivamente, é partida para levar os três pontos. O Inter, na Copa do Brasil, tocou três lá sem maiores dificuldades. O Vitória ontem perdeu. Mas o Atlético hoje enfrenta o lanterna Botafogo. Por isso, a vitória é fundamental. Temos que nos manter disputando a competição palmo a palmo.

O único temor que eu tenho para a partida de hoje é o estado psicológico dos jogadores colorados. É humano abater-se um pouco depois da final de quarta-feira. O desgaste foi imenso. Não só físico, mas também nos aspectos psicológico e emocional. Entretanto, a Copa do Brasil e seus fantasmas devem ser exorcizados da cabeça dos atletas. O foco agora é o Brasileirão. E, neste certame, estamos muito bem, obrigado. Pra cima deles, colorado!

Nenhum comentário: