domingo, 19 de julho de 2009

100 anos de Gre-Nal

Hoje Inter e Grêmio entram em campo para um duelo histórico. O Gre-Nal desta tarde marca os 100 anos do clássico. É um centenário de grandes emoções, desde os 10 a 0 de um time profissional experiente sobre um time ainda iniciante, que tinha correndo nas veias a pura e simples vontade de superar grandes desafios, até os dias de hoje, de larga vantagem do lado vermelho do Rio Grande.

Gre-Nal me traz lembranças melancólicas e felizes. Vi uma Sele-Inter sucumbir perante o talento de um Ronaldinho. Vi algumas equipes lamentáveis do Inter sofrerem derrotas doloridas. Vi um Gaciba, que por sinal hoje apita, validar um gol-voleibol de Ronaldo de Assis Moreira e no mesmo ano expulsar Fabiano sem nenhuma razão minimamente plausível, graças a uma certa "franga véia", assim definida pelo atacante colorado.

Mas também presenciei grandes momentos. O inesquecível 5 a 2 em pleno Olímpico, um dos maiores passeios da história do clássico. O título gaúcho de 1997, sofrido, quase raivoso, em meio a uma era de hegemonia tricolor. A era Fernandão, o gol 1000, as sequências de vitórias, os triunfos ao natural da segunda metade da década de 2000, e a goleada de 4 a 1, ainda fresca em nossas memórias. Muitas e muitas alegrias me foram proporcionadas pelo Gre-Nal.

Hoje, mais uma página desse evento cultural do Rio Grande do Sul será escrita, a partir das 16 horas, no Estádio Olímpico. O Inter busca os três pontos para tentar a liderança, contando com a combinação de um tropeço do Atlético Mineiro. O Grêmio lutará para se manter em boa posição na busca pela vaga na Copa Sul-Americana 2010. Não tenhamos dúvidas: o Gre-Nal Centenário promete muitas faíscas.

Nenhum comentário: