sexta-feira, 6 de março de 2009

Garganta

Não adianta. Hoje não estou animado para escrever. Achar assunto quando se está com a garganta arrebentada, como estou, é difícil demais. A vontade resume-se a dormir bem e acordar plenamente recuperado.
Dor de garganta é um troço incômodo. Nos últimos dias, não tive muita sorte no quesito "estar 100% fisicamente". Durante a semana, estive com o bom e velho "churrio". Quando as questões intestinais se resolveram, a garganta resolveu incomodar. Estou engolindo giletes. Essa é a convicção que tenho.
Mas tudo vai melhorar e terei um fim de semana bem bom. Essa é a expectativa do momento. E como é importante a tal de saúde. Só vemos mesmo como ela é maravilhosa e imprescindível quando estamos debilitados. Hoje em dia, valorizo mais as vezes que estou bem, sem dores, sem nada. Me lembro de bocados nem um pouco bons, infecções de garganta, lesões no pescoço, no tornozelo, e daí valorizo os momentos em que estou pleno... É muito bom estar bem. E amanhã estarei.

Nenhum comentário: