quarta-feira, 4 de março de 2009

Descontinuidade

Hoje o Inter entra em campo para fazer o óbvio, nada mais que o óbvio: ganhar do União Rondonópolis por dois gols de diferença e garantir vaga na próxima fase da Copa do Brasil. O Inter vai passar, não consigo imaginar nada diferente, com qualquer que seja a escalação que entre em campo. Mesmo assim, sou contra a retirada de Sandro do time para a colocação de Andrezinho. Nada contra Andrezinho. Vem sendo muito importante sempre que entra em campo, ligado, presente nas jogadas. Mas a saída de Sandro desestrutura o meio-campo do Inter. E olha que aqui fala alguém que durante algum tempo defendeu que não era necessário um primeiro volante de ofício para o time.
A verdade é que Guiñazu e Magrão, que se destacam por sua dinâmica e movimentação, tanto ofensiva quanto defensiva, no meio, ficam presos, tímidos com essa estrutura tática, perdendo o que ambos tem de melhor. Sandro dá sustentação para que os outros dois volantes possam se movimentar na marcação e chegar ao ataque, sem deixar a defesa em apuros. Ainda por cima, está jogando o fino da bola. A pergunta que faço é a seguinte: Tite pretende estruturar o time da maneira que vai jogar hoje, ou a escalação é específica para a partida contra o União Rondonópolis?
Seja qual for a resposta, discordo frontalmente da postura adotada por Adenor. No primeiro caso, porque, se não vai comprometer hoje, mais cedo ou mais tarde essa escalação vai comprometer, sim, contra equipes que tenham mais velocidade e poder de penetração. No segundo caso, discordo porque não acredito que o Inter deva mudar sua forma de jogar, deixar de dar continuidade e entrosamento ao sistema tático preferencial, para enfrentar o esforçado time de Rondonópolis. Repito: seja com qual escalação que o Inter venha a jogar, vai passar pelo time mato-grossense. Prefiro que entrose a equipe, prepare-a para diferentes situações, quando tenha que atacar ou quando tenha que contra-atacar. O negócio agora é torcer para que dê certo, que essa decisão não tenha efeitos nefastos na continuidade da equipe na temporada. E vamo que vamo pra cima deles!

Nenhum comentário: