quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Imperadores do Samba

O título da Imperadores do Samba pareceu-me justo. Acordei de madrugada para acompanhar na tv. E hoje vi o compacto das outras escolas. Cheguei à conclusão: foi justíssimo. Mesmo assim, devo dizer: esperava mais. O Inter investiu pesado, e era de se esperar um desfile anos-luz melhor do que o do restante das escolas. O que se viu foi um desfile melhor. Mas não com a diferença que seria de se esperar. União da Vila do Iapi, Império da Zona Norte e Imperatriz ficaram apenas um pouco abaixo.
E faltaram elementos no desfile da vermelho e branco, para o meu gosto. Teria de haver uma alusão mais clara aos anos 70 e ao Mundial FIFA. O abre-alas deveria ter, para o meu gosto, um grande distintivo do Inter, com luzes, com efeitos. Sequer tinha distintivo do Inter. Achei excessivamente institucional, e pobre no resgate e na mostra das etapas da história colorada. Ao mesmo tempo, o cinqüentenário da Imperadores, que também estava no enredo, embolou um pouco as coisas.
De qualquer maneira, foi um belo desfile, com um samba gostoso de se ouvir, com muita vibração dos componentes. O campeonato foi para as mãos certas. Mais uma taça para a Imperadores. Mais uma taça para o Inter. Cada vez mais campeão de tudo.

Nenhum comentário: